Jair Ventura lamenta derrota e vê Botafogo superior ao Atlético-PR

Equipe carioca perdeu por 1 a 0 na Arena da Baixada

Agência Estado, Estadão Conteúdo

30 Agosto 2016 | 08h20

Após dois jogos, com duas vitórias, Jair Ventura sofreu sua primeira derrota no comando do Botafogo na noite desta segunda-feira. Jogando no gramado sintético da Arena da Baixada, em Curitiba, a equipe carioca foi superada pelo Atlético Paranaense por 1 a 0, resultado que foi lamentado pelo treinador que substituiu Ricardo Gomes.

Para Jair Ventura, o resultado foi injusto porque o Botafogo foi superior em campo. "Criamos mais que o adversário, tivemos maior posse de bola, finalizamos 13 vezes contra 10 do Atlético-PR", enumerou o técnico. "Estou triste com a derrota, mas feliz pela performance. O futebol tem dessas coisas."

O técnico não deixou de mostrar insatisfação com a falha da defesa botafoguense no lance do gol. Segundo Ventura, jogadas de bola parada vêm sendo alvo de muita atenção nos treinos. "Sofremos um gol de bola parada, algo que treinamos bastante. Mérito do Atlético-PR, não dá para ficar lamentando", ponderou.

Ventura evitou criticar o gramado sintético da Arena da Baixada, mas considerou que o piso contribuiu para as dificuldades do Botafogo no começo da partida, logo quando o Atlético marcou o único gol do jogo, que encerrou a 22ª rodada do Brasileirão.

"Começamos um jogo muito difícil, tentando se adaptar e tomamos o gol com sete minutos, com a bola ainda muito mais viva do que o normal", disse o técnico. "Seria uma hipocrisia falar que não [teve efeito sobre a atuação do Botafogo]. Mas já passou e vamos pensar no próximo jogo."

O Botafogo volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, pela ida das oitavas de final. Pelo Brasileirão, o próximo adversário será o Grêmio, no domingo, em jogo atrasado da 19ª rodada. Com 26 pontos, o time carioca ocupa a 13ª colocação da tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.