Jim Watson/ AFP
Jim Watson/ AFP

Jamaicano faz terceiro melhor tempo do ano na semifinal dos 200m

Rasheed Dwyer, de 26 anos, termina prova em 19s80 em Toronto

Estadão Conteúdo

23 de julho de 2015 | 19h45

O jamaicano Rasheed Dwyer mostrou, nesta quinta-feira, que os Jogos Pan-Americanos valem para muita coisa. Para ele, por exemplo, valeu o terceiro melhor tempo do mundo para ele ainda na fase semifinal dos 200m em Toronto. Aos 26 anos, ele correu a distância em 19s80 e, no ano, só é mais lento do que Justin Gatlin, dono das duas melhores marcas da temporada.

A prova de Dwyer foi tão boa que derrubou o recorde dos Jogos Pan-Americanos que valiam desde 1971. É também a 17ª melhor marca de todos os tempos nos 200m.

Dwyer sobrou em uma bateria na qual Bruno Lins foi muito mal. Com 20s66, o brasileiro foi apenas o sexto colocado, longe dos 20s41 que fez pela manhã, nas eliminatórias. Aldemir Gomes Júnior também ficou pelo caminho, como penúltimo mais lento da outra bateria, com 20s65.

Na semifinal feminina, o Brasil foi representado apenas pela garota Vitória Rosa, de 19 anos. Revelação desta temporada e já com índice olímpico, ela também decepcionou, como oitava e última colocada da sua bateria, com 23s14.

Vale lembrar que o País não teve suas três melhores atletas de 200m na semifinal do Pan. Ana Cláudia Lemos sofreu lesão muscular nas eliminatórias e deve ficar fora também do Mundial, daqui a um mês; Rosângela Santos tem 22s77 nesta temporada, mas só não fez índice a tempo do Pan; enquanto Franciela Krasucki teve dengue no primeiro semestre e só agora está plenamente recuperada.

As finais das provas de 200m serão na sexta-feira, sem a presença de brasileiros, portanto. Nos 100m, o Brasil teve duas finalistas na prova feminina, mas tanto Ana Cláudia Lemos quanto Rosângela Santos ficaram fora do pódio.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosatletismojamaica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.