Japão bate Iraque de Zico e põe o pé na Copa

Ontem foi dia de os japoneses matarem saudades de Zico. Em Saitama, o ex-jogador do Kashima Antlers (entre 91 a 94) e técnico da seleção nipônica (entre 2002 e 2006) voltou ao país, desta vez dirigindo o Iraque pelas Eliminatórias da Copa de 2014. Foi recebido com festa, mas não saiu de campo feliz. Sua seleção perdeu por 1 a 0, gol de Maeda, de cabeça, e se complicou no Grupo 2, com só dois pontos.

SAITAMA, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2012 | 03h09

Com a vitória, o Japão colocou um pé no Mundial. Invicto na chave, chegou aos 10 pontos, seis a mais que a Jordânia, na segunda colocação após boa vitória por 2 a 1 diante da Austrália.

Os australianos, ao lado de Iraque e de Omã, de folga na rodada, dividem a terceira posição com dois pontos. Os dois primeiros colocados vão direto para a Copa e os terceiros se enfrentam por vaga na repescagem.

Hoje, pelo critério de desempate, a Austrália enfrentaria o Catar, que folgou na rodada e está em terceiro no Grupo A (4 pontos). A líder Coreia do Sul (7 pontos) empatou em sua visita ao Uzbequistão (2) por 2 a 2, enquanto o Líbano (4) fez 1 a 0 no Irã (4), o segundo.

Colômbia sobe. Pelas Eliminatórias Sul-Americanas, a Colômbia aprontou de novo. Após 4 a 0 no Uruguai, venceu o Chile por 3 a 1. Em Casa, o Uruguai apenas empatou com o Equador: 1 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.