Japão rejeita alegações de plágio sobre logo da Olimpíada de 2020

Organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio disseram que não há problema com o seu novo logotipo após surgirem discussões sobre possível plágio, com comentaristas de Internet sugerindo que havia uma semelhança com um design do exterior.

REUTERS

30 de julho de 2015 | 15h50

O emblema, revelado na semana passada, já havia recebido críticas mistas do público japonês e corre o risco de se tornar a mais recente de uma série de polêmicas sobre o Japão, que se prepara para sediar os Jogos pela segunda vez em 2020.

Projetado por Kenjiro Sano, o logotipo, que inclui preto pela diversidade e um círculo vermelho que lembra a bandeira japonesa, é uma representação da letra "T".

Mas perguntas surgiram na mídia social após o designer belga Olivier Debie apresentar o logotipo do Teatro de Liège, na Bélgica, com muitos comentaristas exigindo esclarecimentos sobre o que eles disseram ser uma similaridade muito grande.

"Antes da seleção deste projeto, o comitê organizador de Tóquio 2020 realizou verificações longas, amplas e internacionais através de um processo transparente", disseram os organizadores em comunicado.

(Por Elaine Lies)

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPTOQUIOREJEITAPLAGIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.