Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Jenson Button prevê luta apertada entre McLaren e Red Bull na F-1

Inglês acredita que Sebastian Vettel e seu time são os favoritos, mas com diferença menor

Livio Oricchio, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2012 | 03h01

SÃO PAULO - No terceiro dia de treinos no Circuito da Catalunha, nesta quinta-feira, em Barcelona, Jenson Button, da McLaren, campeão mundial em 2009, ratificou a impressão do seu companheiro, Lewis Hamilton, expressada um dia antes: "Sebastian (Vettel) continua o favorito, a Red Bull continuará forte, mas não penso que terá a mesma vantagem do ano passado".

Button completou 114 voltas na pista de 4.655 metros, ao simular uma corrida, e na melhor fez 1min23s918, quarta do dia. Usando pneus supermacios e buscando entender o carro da Williams numa classificação, Pastor Maldonado registrou o primeiro tempo, 1min22s391 (106 voltas).

A exemplo de Button, Mark Webber, da Red Bull, preocupou-se também em entender o modelo RB8-Renault nas condições que vão enfrentar nas provas, com os distintos tipos de pneus fornecidos pela Pirelli, este ano com desempenho bem mais próximo entre si. Webber, sexto, deu 97 voltas do traçado catalão, com 1min24s771 na mais rápida. A diferença de tempo entre Maldonado e Webber, com a Williams bem mais veloz que a Red Bull, mostra como é difícil compreender o momento de cada equipe nos treinos, diante de tantas variáveis, como tipo de pneu, quantidade de gasolina, hora do dia em que as marcas foram obtidas, dentre outras. A realidade pode ser oposta ao que os números sugerem.

Se a McLaren andou para a frente, a Mercedes, segundo Michael Schumacher, também evoluiu. Ontem, o alemão completou impressionantes 127 voltas na Catalunha com o F1 W03, o equivalente a dois GPs. "Não dá para saber onde estamos, mas andamos para a frente", afirmou Schumacher. Seu melhor tempo: 1min23s384, segundo.

Quem parece não se mover para o grupo dos mais eficientes é a Ferrari. Felipe Massa assumiu ontem o F 2012 e não foi diferente de Alonso nos dois dias anteriores. Percorreu 84 vezes a pista espanhola, com 1min24s771. No fim da segunda série de testes, hoje, Massa conversará com a imprensa. É provável que confirme o que disse Alonso quarta-feira: "Não estamos onde gostaríamos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.