Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Jô diz ser contra adiar São Paulo x Corinthians e ironiza rival

Atacante fala que equipe pode superar ausência de selecionáveis

Daniel Batista, Estadao Conteudo

06 de março de 2017 | 15h42

O São Paulo tenta adiar a realização da partida contra o Corinthians, que está marcado inicialmente para o dia 26 de março, em razão da decorrência de três jogadores convocados - Buffarini, Pratto e Cueva - para a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. A diretoria alvinegra ainda não se manifestou se concorda com uma possível alteração, mas o atacante Jô ironizou o pedido do rival e garantiu que a equipe corintiana não está preocupada com os desfalques que também terá por causa dos jogos das seleções nacionais.

"Difícil interferir nessa situação. O São Paulo, por acreditar que dois ou três jogadores fazem o time todo, tem sua escolha e temos que respeitar. Da nossa parte, tem o Fagner convocado e as possíveis convocações do Romero e do Balbuena, mas temos outros 33 jogadores para entrar. Nossa comissão está tranquila e há jogadores que podem suprir as ausências", disse o atacante.

A convocação da seleção paraguaia acontece na quarta-feira, quando o clube ficará sabendo se Romero e Balbuena também integração a lista dos desfalques. O curioso é que os três jogadores das duas equipes são titulares, por isso, existe a possibilidade da partida ter a data alterada, caso a FPF consiga, junto com os clubes, encontrar um dia disponível.

O Corinthians venceu os dois clássicos disputados nesta temporada, ambos por 1 a 0, diante de Santos e Palmeiras. O time, inclusive, tem demonstrado maior qualidade em jogos contra os rivais, do que nas partidas mais, teoricamente, fáceis.

Jô tenta explicar o motivo. "Acho que é a maneira de jogar contra times menores, por eles virem fechados, a gente acaba se expondo mais e erra mais. Clássico é um confronto mais aberto, de dois times grandes. Mas a gente tem que corrigir isso, por ser início de temporada. Temos que fazer jogos mais regulares", alertou o corintiano.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.