Joanna desmaia, corta o supercílio e fica fora da diputa dos 400 metros medley

A nadadora Joanna Maranhão, dona do melhor resultado da natação feminina do Brasil em olimpíadas, não pôde disputar a prova dos 400 metros medley no após sofrer um corte no supercílio em consequência de um desmaio. A brasileira foi levada pelos médicos da equipe de natação do Brasil e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) à clínica da Vila para ser submetida a exames. A nadadora, de 25 anos, teve um mal-estar e sofreu uma queda que ocasionou um a contusão, informou a Confederação Brasileira de Desportos Aquático (CBDA) em breve comunicado. "Nós suturamos o corte, ela passa bem, mas não vai participar da prova. Neste momento foi encaminhada ao hospital (clínica da Vila Olímpica) por precaução", disse o médico da equipe de natação, Gustavo Magliocca. Joanna também está inscrita para os 200 metros medley e os 200 metros borboleta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.