Joanna e Lucas destaques no José Finkel

Pelo segundo dia do Troféu José Finkel de Natação, que está sendo realizado em Santos, as provas dos 400 metros medley foram as mais emocionantes desta quinta-feira. Joanna Maranhão, do Nikita/Sesi, e Lucas Salatta, do Pinheiros, com 4min50s31 e 4min21s60, respectivamente, venceram os duelos com a argentina Georgina Bardach, da Unisanta, e Thiago Pereira, do Minas Tênis. Lucas ainda bateu seu próprio recorde na competição, que havia batido nas eliminatórias e era de 4min23s26. Joanna reecontrou Georgina depois de pouco mais de um mês, quando as duas duelaram na piscina dos Jogos Pan-Americanos de São Domingos. A argentina se deu melhor e levou o ouro, e a brasileira ficou com o bronze. Lucas não participou do Pan, onde seu rival, Thiago, conquistou vaga para os Jogos Olímpicos de Atenas/2004. ?Sempre que caímos na água acontece uma disputa boa. Gostei do resultado porque estou cada vez mais perto do índice olímpico. Mas se quiser ir para a Olimpíada, tenho de trabalhar muito", analisou Lucas. Outro que está próximo da Olimpíada é Bruno Bonfim, do Pinheiros. Ele venceu os 200 m livre, com 1min52s27, e conta com a quinta melhor marca para integrar o revezamento 4x200m livre em Atenas. Nessa prova entre as moças, Monique Ferreira, da Unisanta, foi a campeã, com 2min03s26. Por enquanto, ela, Paula Baracho, do Pinheiros; Mariana Brochado, do Flamengo; e Denise Oliveira, também do Flamengo formam o time olímpico do 4x200m livre. Paula e Mariana foram, respectivamente, prata e bronze nesta quinta-feira. Com o recorde de Lucas Salatta e a vitória nos revezamentos 4x200m livre feminino e masculino, o Pinheiros passou à frente da Unisanta e está em primeiro na disputa entre clubes pelo título do Troféu José Finkel. O clube paulista está com 774,50 pontos e a Unisanta, com 691,50. O Minas Tênis é o terceiro, com 496,50 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.