AFP
AFP

Joanna Maranhão se une a Poliana e Ana Marcela e cogita nadar maratona aquática

Apresentada no novo clube, polivalente nadadora afirma ainda ter objetivos na natação

Estadão Conteudo

31 de janeiro de 2017 | 17h30

Aos 29 anos, Joanna Maranhão acredita que ainda tem muita lenha para queimar na natação. Nesta terça-feira, a nadadora que deixou o Pinheiros no fim do ano passado foi apresentada em seu novo clube, a Unisanta, de Santos, e surpreendeu ao revelar que pensa em se arriscar nas maratonas aquáticas.

"Estamos estudando a possibilidade de tentar alguma coisa em maratona aquática, aqui na Unisanta a Ana Marcela pode até me dá alguns toques de como é que faz (risos). Eu acho que vai ser uma experiência bacana. Eu já vivi muita coisa na natação e acho que viver essa experiência que pode ser que dê certo ou não, mas eu estou super aberta para tentar", afirmou.

Joanna é conhecida por ser a mais polivalente nadadora brasileira. Nada todas as provas de 200m para cima e não é raro que se inscreva também em disputas de provas de 100m, principalmente no nado borboleta.

Na Unisanta, ela se une às duas principais nadadoras de fundo do País, Ana Marcela Cunha e Poliana Okimoto, também contratadas da equipe. Ana Marcela treina em Santos, onde Joanna pretende passar uma ou duas semanas por mês - o resto do tempo treinará em Belo Horizonte, onde mora com o marido Luciano Corrêa, judoca do Minas Tênis Clube. Poliana treina em São Paulo.

A equipe treinada por Marcio Latuf apresentou outros três reforços nesta terça-feira: Leonardo de Deus, Thiago Simon (ambos não tiveram seus contratos renovados pelo Corinthians) e Carol Bilich (deixou o Minas Tênis Clube). A Unisanta também contratou Daiene Dias, que representou o Brasil no Rio-2016 nos 100m borboleta, mas ela está na França competindo e não participou do evento.

O clube, comandado por Marcelo Teixeira, ex-presidente do Santos, também manteve Nicholas Santos, Matheus Santana, Felipe Ribeiro, Alessandra Marchioro e Gabi Roncatto. Por outro lado, liberou o veterano Tales Cerdeira.

Tudo o que sabemos sobre:
Nataçãonatação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.