João Derly deve ficar oito meses parado após cirurgia

O bicampeão mundial João Derly deve ficar até oito meses longe dos tatames. O judoca gaúcho foi operado na última segunda-feira, em Porto Alegre, para corrigir o rompimento do ligamento cruzado anterior e do menisco do joelho esquerdo. A lesão ocorreu durante a seletiva para a formação da seleção brasileira permanente de judô, em dezembro passado.

AE, Agencia Estado

12 de janeiro de 2010 | 20h30

A expectativa é de que João Derly receba alta hospitalar na quinta-feira, quando deve começar a fisioterapia. "Não vou me deixar abater por causa dessa lesão. Vou voltar com tudo", prometeu ele, mostrando confiança na recuperação. Aos 28 anos, o judoca foi bicampeão mundial na categoria meio-leve (até 66kg), mas mudou recentemente para o leve (até 73kg).

Tudo o que sabemos sobre:
judôJoão Derly

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.