Arquivo/AE
Arquivo/AE

João Gomes e Fabíola Molina levam ouro em Paris

Eles confirmaram o favoritismo e levaram a medalha dourada; brasileiros ganham mais três pratas

AE, Agencia Estado

20 de junho de 2009 | 13h16

A natação do Brasil continuou se destacando neste sábado no Open de Paris. Após se classificarem nas primeiras posições para as finais, João Gomes Júnior e Fabíola Molina confirmaram o favoritismo e conquistaram medalhas de ouro. Além disso, Guilherme Guido, Joanna Maranhão e Gabriel Mangabeira ganharam pratas, nos 50 metros costas, 400 metros medley, e 100 metros borboleta, respectivamente.

João Gomes ficou com o ouro após nadar os 50 metros peito em 27s69. A vitória foi apertada, já que o brasileiro ficou apenas um centésimo à frente do italiano Fabio Scozzoli, vencedor da prata. O Brasil ainda pôde comemorar o bronze na mesma prova, com Felipe França chegando em terceiro. O nadador, que é o atual recordista mundial - a marca ainda não foi homologada -, fez a distância em 27s81, longe de seu melhor tempo, 26s89.

Já Fabíola Molina saiu vencedora na prova dos 50 metros costas. A experiente nadadora, de 34 anos, conseguiu o tempo de 28s72, melhorando sua marca de sexta-feira (29s19). Ela chegou à frente da holandesa Ranomi Kromowidjojo, segunda colocada, e da francesa Esther Baron, terceira na prova. Na quarta posição, o Brasil também foi representado por Etiene Medeiros, que chegou perto do pódio.

Na badalada prova dos 50 metros livre, o francês Frederick Bousquet conquistou a medalha de ouro. Atual recordista da prova, mas ainda esperando a homologação, ele nadou a distância em 21s83. Alain Bernard, também da França, ficou com a prata, enquanto o australiano Eamon Sullivan ganhou o bronze. O brasileiro Nicholas Santos chegou em quarto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.