Divulgação/Time Brasil
Divulgação/Time Brasil

João Gomes Junior conquista o bronze e Brasil encerra Mundial de Natação com três medalhas

Nadador faz a melhor marca da carreira, com 25s80, e sobe ao pódio em Abu Dabi na disputa dos 50 metros peito

Redação, Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2021 | 14h37

João Gomes Junior conquistou, nesta terça-feira, a medalha de bronze no Mundial de Natação em Piscina Curta, disputado em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. A conquista veio na prova dos 50 metros peito. O Brasil também esteve na final do revezamento 4x100 metros medley masculino.

João Gomes Junior fez uma prova espetacular e, com sua melhor marca pessoal (25s80), garantiu a terceira medalha do Brasil no Mundial. O ouro foi para o americano Nic Fink, que conseguiu o tempo de 25s53, e a prata foi garantida pelo italiano Nicolo Martinenghi, com 25s55.

"Fico muito feliz por conseguir terminar o meu ano de volta ao topo. Por uns momentos, achei que ia encerrar minha carreira. Depois das medalhas que o Brasil conquistou, voltou a minha confiança e saber que posso fazer. Só tenho que agradecer a todos que me ajudaram a chegar aqui e representar bem o Brasil", disse.

Na prova do revezamento 4x100 medley masculino, a segunda final do Brasil no dia, o quarteto formado por Guilherme Guido, Caio Pumpitis, Vinícius Lanza e Gabriel Santos terminou na quarta colocação com 3min23s57. O ouro ficou com a Itália (3min19s76), a prata foi para os Estados Unidos (3min20s50) e o bronze foi conquistado pela Rússia (3min20s65).

O Brasil encerra o Mundial de Natação em Piscina Curta com três medalhas. Além do bronze de João Gomes Junior nesta terça-feira, o País conquistou o ouro com Nicholas Santos na prova dos 50 metros borboleta, na segunda-feira, e o bronze no domingo com o revezamento 4x200 metros livre, disputa na qual a equipe foi formada por Fernando Scheffer, Murilo Sartori, Kaique Alves e Breno Correia.

No Festival Aquático da Federação Internacional de Natação (Fina, na sigla em francês), realizado em paralelo ao Mundial, o Brasil voltou com duas medalhas. Na maratona aquática, Ana Marcela Cunha conquistou a prata que lhe deu o título do Circuito Mundial de 2021 - além do prêmio de melhor atleta da temporada. Já nos saltos ornamentais, o País - com Kawan Pereira, Luana Lira e Ingrid Oliveira - faturou o ouro na competição.

Tudo o que sabemos sobre:
João Gomes Juniornatação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.