Joel se sente angustiado e pede atenção máxima

O técnico Joel Santana está angustiado. Os últimos vacilos do Botafogo têm afastado o time da zona de classificação para a Libertadores e aumentado a desconfiança da torcida. Para retomar o moral, a equipe precisa derrotar o Corinthians. Joel decretou que o Botafogo não pode errar mais se quiser ter um fim de ano especial. "É preciso mais tranquilidade no fim dos jogos", disse, referindo-se ao empate com o Atlético-PR. O treinador admitiu que tem "dormido mal". "Fico me culpando e estou me cobrando muito. Mas temos 39 pontos a disputar."

, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2010 | 00h00

O lateral Alessandro está preocupado com a arbitragem. "Jogar no Pacaembu é difícil. A torcida faz muita pressão e, em alguns casos, os árbitros marcam faltas que não acontecem."

O jogo será especial para Herrera, que reencontrará o time pelo qual se destacou em 2008. "Tive boa passagem pelo Corinthians e guardo grandes recordações, mas hoje sou do Botafogo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.