Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
John Woods / AP
John Woods / AP

Jogador de hóquei é levado para hospital após marcar gol e ser agredido por adversário

Jake Evans está bem, mas ainda passará por novos exames; Mark Scheifele foi expulso e pode sofrer novas punições

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2021 | 16h57

O jogador canadense de hóquei no gelo Jake Evans, do Montreal Canadiens, provavelmente não esperava que um gol na NHL acabasse lhe causando tanta dor. Na noite desta quinta-feira, Evans viu o gol aberto, dominou o disco, partiu com tudo para o campo do adversário e marcou. Antes mesmo de que ele pudesse comemorar, o adversário Mark Scheifele, do Winnipeg Jets, chegou atrasado para tentar evitar o gol e acertou Evans.

Evans foi ao chão imediatamente. Os colegas de time dele partiram para cima de Scheifele e uma confusão generalizada começou. Vale lembrar que, no hóquei, é permitido que dois jogadores de times rivais troquem socos, mas não que os outros se envolvam.

Evans precisou esperar a ajuda chegar e foi retirado de maca - do ginásio, foi para um hospital. Ele passa bem, mas ainda deve passar por mais exames para ter certeza de sua condição. Já Scheifele foi expulso e ainda pode ser punido pela organização da liga.

Pelo menos, o time de Evans saiu vencedor: o Canadiens triunfou por 5 a 3 sobre o Jets. O jogo era válido pelas quartas-de-final dos playoffs, e a franquia de Montreal largou na frente com a vitória no primeiro confronto.

Tudo o que sabemos sobre:
hóquei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.