Jogador dinamarquês morre em partida de handebol

Lars Olsen, de 23 anos, sofreu um colapso no jogo entre Ribe-Esbjerg e Sydhavsoerne

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2011 | 10h11

MARIBO - Uma tragédia atingiu o handebol dinamarquês no último domingo. Durante uma partida da liga local, entre Ribe-Esbjerg e Sydhavsoerne, em Maribo, o jogador Lars Olsen, de 23 anos, sofreu um colapso e acabou morrendo momentos depois. O atleta ainda chegou com vida ao hospital que foi encaminhado, mas não resistiu.

"A Federação Dinamarquesa de Handebol está chocada com o anúncio da morte sem sentido de Lars Olsen no desempenho do esporte que praticava, e só podemos expressar nossa profunda tristeza e condolências. Em primeiro lugar, à família de Olsen, parentes e amigos, mas também a seu clube e seus companheiros", declarou o presidente da entidade, Morten Stig Christensen.

A morte de Olsen surpreendeu ainda mais pela forma como ocorreu. O jogador acabou se chocando com um atleta adversário, precisou ser atendido, mas pediu para voltar à quadra. Minutos depois, acabou sofrendo o colapso. De acordo com Christensen, no entanto, a causa da morte ainda não foi confirmada e não se sabe se ela teve alguma relação com o incidente ocorrido durante a partida.

A federação local emitiu um comunicado oficial nesta segunda-feira no qual pede que seja realizado um minuto de silêncio em todos os confrontos da próxima rodada da competição nacional. Além disso, a equipe de Olsen, o Ribe-Esbjerg, poderá pedir que seus jogos sejam adiados até se sentir em condições de voltar à disputa.

Tudo o que sabemos sobre:
handebolmorteLars Olsen

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.