Felipe Trueba/Efe
Felipe Trueba/Efe

Jogadores dizem que a chuva pode beneficiar a Espanha

Meia-atacante Navas diz que jogadores estão 'acostumados a jogar em todos os tipos de campo e de ambiente'

ANGELA LACERDA, Agência Estado

13 de junho de 2013 | 17h01

RECIFE - Escalados para a entrevista coletiva da seleção da Espanha nesta quinta-feira - a primeira desde a chegada ao Brasil, os reservas Roberto Soldado e Jesus Navas não demonstraram preocupação com a chuva que tem caído no Recife nesta semana e que deve se estender até o domingo, quando a atual campeã mundial e bi da Eurocopa estreia na Copa das Confederações contra o Uruguai, na Arena Pernambuco.

"Estamos acostumados a jogar em todos os tipos de campo e de ambiente", afirmou o meia-atacante Navas, ao observar que a chuva pode até beneficiar a equipe. Segundo ele, com o tempo ruim a tendência é o time ficar mais rápido, em um jogo mais direto. "Não acho que a chuva prejudique tanto o jogo, acelera o ritmo da bola". Para ele, o calor é mais preocupante.

O atacante Soldado, do Valencia, garantiu que todo o elenco está em forma, com os jogadores fortes fisicamente. "Todos queremos e podemos jogar", assegurou.

A rápida entrevista, concedida no hotel onde a seleção está hospedada, na praia de Boa Viagem, foi assistida também por alguns torcedores que conseguiram se infiltrar entre os jornalistas, driblando a segurança. A boa acolhida da seleção foi destacada por Navas, para quem a equipe foi recebida de "braços abertos".

Mesmo sem terem tido contato com os torcedores que enfrentaram o mau tempo para receber a seleção na noite da última quarta, no Aeroporto dos Guararapes, outro grupo de fãs da seleção se postou em frente ao hotel onde ocupam três andares para recepcioná-los.

Com o tempo chuvoso, nenhum jogador deixou o hotel pela manhã. Integrante do Grupo B, a Espanha enfrenta também o Taiti na próxima quinta, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e a Nigéria, no dia 23, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.