Jogadores do Flu se irritam ao falar de possível 'entrega'

O assunto tem se estendido há semanas e os jogadores do Fluminense já demonstram revolta quando abordados mais uma vez sobre a hipótese de o Palmeiras entrar pouco interessado no jogo domingo, com o intuito de prejudicar o Corinthians. A reclamação tricolor sobre o inesgotável tema da "entrega" está no fato de que tal comentário tira o mérito do time de Muricy Ramalho em uma eventual conquista.

Leonardo Maia / RIO, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2010 | 00h00

"É preciso respeito. Tem de parar de querer tirar o mérito do time que for campeão. Se tem algum que merece o título é o Fluminense. Foi o que ficou mais tempo na liderança (21 rodadas)", bradou Washington, em tom incisivo. "A gente sabe que, se formos campeões, será porque nos dedicamos e trabalhamos muito para isso, e não por outros motivos", disse Emerson, que está recuperado de lesão no tornozelo esquerdo e finalmente foi liberado para retornar ao time.

A opinião dos jogadores não mudou ontem com a eliminação palmeirense na Copa Sul-Americana, quarta-feira. "Quem entrar em campo vai dar o máximo. O Palmeiras tem uma história a honrar", opinou Emerson, que deve formar dupla ofensiva com Fred.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.