Jogadores vão parar no hospital

Uma partida do Campeonato Gaúcho, entre Internacional de Santa Maria e Veranópolis, em Santa Maria, foi suspensa. O jogo estava empatado por 1 a 1 e era decisivo para os dois times. O visitante precisava da vitória para garantir classificação. O mandante, do empate para afastar risco de rebaixamento. Pouco antes do fim do primeiro tempo, o juiz Rogério Gonçalves expulsou Miro Bahia e foi cercado pelos jogadores do Veranópolis. Soldados da Brigada Militar foram acionados e usaram spray de pimenta para dispersar os atletas revoltados. Segundo diretores do Veranópolis, o time não conseguiu voltar para o segundo tempo porque os jogadores Ademir, Diego Corrêa, Marília, Kito e Dinei sentiram náuseas e ardência nos olhos e tiveram de ser hospitalizados enquanto outros três atletas receberam atendimento no estádio. A partida foi interrompida. A Federação Gaúcha de Futebol determinou que os 45 minutos restantes sejam jogados hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.