, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2010 | 00h00

Marcelinho recebe as primeiras cobranças

Novo xodó do São Paulo, Marcelinho (foto) recebeu suas primeiras cobranças depois da derrota para o Botafogo (2 a 0), domingo, no Engenhão. O meia fez uma partida ruim, mas vai manter a posição na equipe, apesar de ter recebido um pequeno puxão de orelha de Sérgio Baresi, que, publicamente, o defendeu. "O Marcelinho não foi bem assim como todo o ataque", lembra o técnico. "E ele tomou uma pancada logo no início do jogo que prejudicou o seu desempenho."

SÉRIE B

Figueirense perde e tem liderança ameaçada

O Figueirense foi surpreendido pelo América-MG no Estádio Orlando Scarpelli: perdeu a segunda partida consecutiva e pode ficar sem a liderança. Melhor para os mineiros que, com a vitória por 1 a 0, voltaram provisoriamente para o G-4. Os catarinenses, com 39 pontos, torcem contra Bahia, Coritiba e Ponte Preta, que somam 37 pontos e jogam no sábado. O Santo André venceu o Paraná por 3 a 1, resultado importante na fuga contra o rebaixamento. Agora, é o 16.º.

NÚMEROS

12

de novembro é a data de lançamento do documentário Senna. A produção inglesa mostrará a vida do tricampeão por meio de imagens e entrevistas e chegará aos cinemas logo após o GP do Brasil.

14

nadadoras estrangeiras disputarão o Troféu José Finkel, a partir do dia 20, no Rio. Foram contratadas por clubes brasileiros para a competição. Entre os destaques está Jessica Hardy, recordista mundial nos 50 m peito em piscina curta.

FÓRMULA 1

Heidfeld substitui De La Rosa na Sauber

Na BMW Sauber a mudança é imediata: nas cinco etapas finais do Mundial, a começar pelo GP de Cingapura, no dia 26, o experiente Nick Heidfeld substituirá o espanhol Pedro de la Rosa. O alemão correu pela escuderia suíça entre 2001 e 2003 e entre 2006 e 2009. Atualmente é piloto de testes da Pirelli. Já na Renault a situação do russo Vitaly Petrov se complica a cada dia. Ninguém menos do que Kimi Raikkonen, hoje piloto da Citroen no Mundial de Rali e campeão na F-1 em 2007, se ofereceu para correr ao lado de Robert Kubica em 2011. Há boas chances de o negócio sair.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.