, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2011 | 00h00

Brasil ganha duas posições e já é terceiro

A seleção brasileira, enfim, voltou a subir no ranking da Fifa, divulgado ontem. Graças ao triunfo por 2 a 0 diante da Escócia, em amistoso no mês passado, a equipe dirigida por Mano Menezes agora aparece na terceira colocação (era a quinta), atrás das finalistas do Mundial de 2010: Espanha e Holanda, que seguem liderando o ranking. O Brasil superou Alemanha e Argentina, que caíram uma posição cada. A Itália voltou ao top 10, agora em 9.º, atrás de Portugal, que ganhou uma posição. A Inglaterra permanece em 6.º, seguida pelo Uruguai. A Croácia caiu para décimo.

NÚMEROS

3

times portugueses podem passar às semifinais da Liga Europa. O Porto visita o Spartak com vantagem de 5 a 1, o PSV recebe o Benfica após perder por 4 a 1 e o Braga precisa vencer o Dínamo (1 a 1).

2

milhões de reais é o valor da Bugatti Veyron que Roberto Carlos ganhou do presidente do Anzhi, o milionário russo Suleiman Kerimov, domingo, quando completou 38 anos. O carro é o mais rápido do mundo: chega a 434 km/h.

COPA AMÉRICA

Espanha recusa convite para substituir Japão

A seleção espanhola não jogará a Copa América deste ano, em julho, na Argentina. A Federação Espanhola desistiu ontem de substituir o Japão, que não participará do torneio por conta dos efeitos causados pelo forte terremoto que abalou o país no mês passado. A Espanha alegou que "o calendário apertado tem tornado a participação impossível", lembrando que já havia sido convidada para disputar a competição outras vezes. Se aceitasse o convite, provocaria revolta nos grandes times do país, principalmente Barcelona e Real Madrid, que seriam obrigados a ceder seus atletas.

TÊNIS

Nadal volta soberano ao saibro

Rafael Nadal manteve ontem, na sua estreia no Masters de Monte Carlo, soberania no saibro. Bateu Jarkko Nieminen com facilidade (duplo 6/2) e agora tem 23 jogos de invencibilidade na superfície.

FÓRMULA INDY

Bia Figueiredo retorna às pistas após fratura

A brasileira Bia Figueiredo vai poder disputar a etapa de Long Beach da Fórmula Indy, neste fim de semana. A piloto recebeu autorização médica para voltar a correr, mas usará um protetor na mão direita, fraturada em acidente na corrida de abertura da temporada 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.