, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2011 | 00h00

Regra de inegibilidade será discutida no TAS

O Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Olímpico dos EUA (Usoc) pediram que o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) crie uma regra definitiva para a inegibilidade de atletas suspensos por doping. Desde 2008, qualquer competidor punido com um período superior a seis meses de suspensão está proibido de disputar a Olimpíada. A regra, porém, tem sido colocada em xeque em julgamentos do próprio TAS. COI e Usoc acreditam que, com um posicionamento definitivo da máxima Corte do Esporte, disputas legais às vésperas dos Jogos de 2012 serão evitadas.

LIGA EUROPA

Porto, invicto há 27 jogos, tenta abrir vantagem

Favorito à conquista da Liga Europa, o Porto, de Hulk - invicto faz 27 partidas - recebe o Villarreal, hoje, com missão de fazer bom resultado para jogar tranquilo na Espanha, semana que vem. A outra semifinal e entre Benfica e Braga.

NÚMEROS

4 a 0

foi o placar da vitória do Coritiba sobre o Caxias, semana passada, pela Copa do Brasil. Hoje, às 19h30, ocorre o jogo de volta, em Caxias do Sul. Os paranaenses podem perder por até 3 gols.

85º

posto do ranking mundial ocupa o esloveno Blaz Kavcic, que ontem bateu Ricardo Mello no Torneio de Belgrado. O campineiro havia batido o americano John Isner, 29º do mundo, na véspera, mas ontem caiu por 7/5 e 6/3.

TÊNIS

Bellucci nas quartas em Estoril

Poderia ter sido mais fácil, mas Thomaz Bellucci bateu Edouard Roger-Vasselin ontem. O brasileiro salvou dois match points e fez 6/3, 5/7 e 7/5 para avançar às quartas do Torneio de Estoril.

NBA

Chicago fecha a série e Lakers abrem vantagem

Melhor da temporada regular, o Chicago Bulls não deu chances ao Indiana Pacers nos playoffs, fechando a série por 4 a 1: 116 a 89. O atual bicampeão Los Angeles Lakers enfim lidera a série diante do New Orleans Hornets (3 a 2), após triunfo de 106 a 90, com 19 pontos de Kobe Bryant.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.