Jogo Rápido

DANÇA DOS TÉCNICOS

, O Estado de S.Paulo

12 de julho de 2011 | 00h00

América-MG demite Mauro Fernandes

Em crise no Brasileiro, com apenas 6 pontos e na 17.ª posição, o América-MG demitiu ontem Mauro Fernandes. O treinador estava à frente do time desde o início de 2010. A equipe retornou à Série A após ficar dez anos fora do grupo de elite. Agora, já são seis as mudanças de técnico neste Brasileiro: Paulo Cesar Carpegiani (São Paulo), Renato Gaúcho (Grêmio), Adílson Baptista (Atlético-PR), Cuca (Cruzeiro) e Silas (Avaí).

ARGENTINA

Maradona bate carro e é levado a hospital

O ex-jogador argentino bateu sua caminhonete frontalmente com um ônibus no bairro onde mora na cidade de Ezeiza, um subúrbio de Buenos Aires. Ele e a namorada, Verónica, foram conduzidos a um hospital com ferimentos leves. Maradona bateu o joelho e, fora de perigo, ficou sob observação no Hospital Ezeiza. "Ambos estão ótimos, mas por precaução realizarão exames", disse Oscar Sico, diretor do hospital.

NÚMEROS

20 pontos

soma o Americana, o mesmo que a líder Lusa. Com chance de assumir o topo da Série B do Brasileiro pela 1ª vez, o Americana visita o Náutico, às 21h. Perto da zona de rebaixamento, o São Caetano recebe o ASA.

1º caso

de doping nesta edição da Volta da França foi registrado ontem. O diurético hidroclorotiazida apareceu na urina do exame do russo Alexandr Kolobnev, que acabou afastado da competição.

Marcado

Atingido por um carro de TV, o ciclista holandês Johnny Hoogerland recebeu 33 pontos nas pernas após acidente na Volta da França

COPA 2014

Comitê da Fifa recebe as garantias do Itaquerão

O Corinthians e o comitê paulista da Copa de 2014 enviaram ontem, um dia antes do prazo final, as garantias financeiras para a arena de Itaquera ao Comitê Organizador Local (COL). Essas garantias são fundamentais para que o estádio possa receber a partida de abertura do Mundial. Nem o clube nem os membros do comitê deram detalhes da documentação. As garantias passam pela linha de crédito de R$ 400 milhões a ser destinado pelo BNDES para a obra e pelos R$ 420 milhões de incentivo fiscal da Prefeitura para Itaquera. A arena corintiana está orçada em R$ 950 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.