Jogo Rápido

Lusa e Ponte empatam, Náutico vence e chega

, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2011 | 00h00

Portuguesa e Ponte Preta, líder e vice-líder da Série B do Brasileiro, apenas empataram na rodada e permitiram a perigosa aproximação do Náutico, que ontem bateu o Boa Esporte, em Recife, por 3 a 1. A Portuguesa não saiu do 0 a 0 diante do Duque de Caxias em Volta Redonda, enquanto a Ponte começou perdendo para o ABC, em Natal, mas reagiu e empatou por 1 a 1. Também ontem, o Icasa fez 4 a 2 no Náutico. Hoje, o Sport enfrenta o Paraná, em Curitiba, e o recém-contratado técnico PC Gusmão (foto) vai assistir ao jogo.

Sem acordo, continua a greve dos jogadores

A Liga de Futebol Professional e a Associação de Futebolistas Espanhóis (AFE) não chegaram a um acordo para acabar com a greve dos atletas, que já adiou as duas primeiras rodadas do Campeonato Espanhol, após quase quatro horas de reunião na sede da Liga. A principal desavença entre as instituições é o atual convênio coletivo, que, de acordo com a AFE, não fornece garantias suficientes de pagamento aos atletas. Hoje haverá nova reunião.

NÚMEROS

5 jogos de mando perdeu o River Plate pelos incidentes após a partida contra o Belgrano em que foi rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Argentino.

50 dias dura a greve da NBA. E ontem os jogadores perderam um mercado para atuar enquanto a paralisação não acabar. A China só vai aceitar atletas que disputem a temporada inteira no país. Kobe Bryant estudava se transferir para o basquete chinês.

TRT vai julgar greve dos operários na segunda

O impasse entre os trabalhadores e o consórcio que administra a obra de reforma do Maracanã para a Copa de vai ser resolvido pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio. Com a não aceitação dos operários das propostas do consórcio Maracanã Rio 2014, a greve vai continuar até segunda-feira, quando o caso será julgado, às 11 horas. Paralisados desde quarta-feira, os trabalhadores pedem aumento na cesta básica, adiantamento quinzenal, plano de saúde e melhores condições de trabalho. Um acidente com um funcionário, na manhã de quarta-feira, precipitou a greve.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.