Jogos da Juventude têm 2 casos de doping confirmados

O Comitê Olímpico Internacional (COI) informou nesta sexta-feira que dois lutadores de 17 anos, incluindo um medalhista de prata, foram flagrados no exame antidoping durante os Jogos Olímpicos da Juventude, realizados em Cingapura, em agosto passado.

AE-AP, Agência Estado

15 de outubro de 2010 | 15h28

De acordo com a entidade, o usbeque Nurbek Hakkulov, medalhista de prata na categoria até 50kg da luta greco-romana, e o equatoriano Johnny Pilay, que ficou em quinto lugar na categoria até 63kg da luta livre, testaram positivo para o uso de furosemida, um diurético proibido.

Com a exclusão de ambos do resultado final dos Jogos da Juventude, Shadybek Sulaimanov, do Quirguistão, ficou com a medalha de Hakkulov, deixando o bronze para o cubano Rodriguez Banguela. Enquanto isso, o argeliano Mohamed Boudraa tomou o quinto lugar de Pilay.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Olímpicos da Juventudedoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.