Johnson formará atletas para Pequim

O norte-americano Michael Johnson, que deixou as pistas em 2001 mas mantém os recordes mundiais dos 200 m (19s32) e 400 m (43s18), formará atletas chineses em seu Centro de Treinamento nos Estados Unidos, segundo informou nesta quinta-feira a imprensa estatal chinesa, visando à Olimpíada de Pequim/2008.Johnson está em Nanquim, que sedia os Jogos Nacionais, onde assiste às provas de atletismo à procura de talentos. O ex-atleta disse que espera recrutar entre dez e 12 corredores chineses para seu CT na Universidade de Baylor, nos Estados Unidos. Para Johnson, vários deles deverão estar na próxima Olimpíada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.