Jorginho inova para Palmeiras virar líder

Técnico treina com 13 titulares e sem bola. Hoje desafio é o S. André

Daniel Akstein Batista, O Estadao de S.Paulo

18 de julho de 2009 | 00h00

O Palmeiras pode conseguir hoje com Jorginho o que Vanderlei Luxemburgo não alcançou neste Brasileiro: a liderança. Se vencer o Santo André, a partir das 18h30, no Palestra Itália, o time subirá para a primeira colocação, com 25 pontos, passando Atlético-MG e Internacional, que atuam amanhã. O triunfo também pode confirmar a efetivação de Jorginho.Ontem, o treinador inovou. Depois de conversar bastante com o grupo no vestiário, comandou um treino nada comum. Distribuiu os coletes vermelhos (que indicam quem será titular) para 12 jogadores, sem contar o goleiro Marcos. Em meia hora, posicionou os atletas em campo, conversou e, sem a bola rolar, recolheu os coletes. Aqueles que atuaram na vitória sobre o Flamengo por 2 a 1, na quarta-feira, voltaram para o vestiário. O restante participou de um "rachão".Com tantos coletes vermelhos, Jorginho mantém a dúvida na escalação. Obina e Willians estão com condições de jogo (não atuaram no Maracanã), mas apenas o primeiro deve jogar, com Ortigoza no ataque. "Vou conversar com o árbitro para ver se posso escalar 13 jogadores", brincou Jorginho.O treinador explicou, sobre o estranho treinamento, que preferiu dar descanso aos atletas que atuaram no Rio e só os posicionou para alertar sobre o ponto forte do adversário: as bolas alçadas por Marcelinho Carioca. "Mostrei como o Santo André faz e como nós vamos nos defender."Em quatro partidas (três vitórias e um empate), Jorginho já pôs seu estilo de jogo no time. Ainda não mexeu no esquema 4-4-2 e vai, com bons resultados, conquistando a confiança da torcida e da diretoria. Diz que se mantém tranquilo quanto à efetivação, mas sabe que está a cada dia mais perto de uma promoção.O diretor de futebol Savério Orlandi afirmou que a definição sairia neste fim de semana. O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, no entanto, não coloca prazo e deixa entender que Jorginho vai ser promovido naturalmente: não quer fazer da efetivação um anúncio oficial.No Rio, às 18h30, o Fluminense recebe o Goiás.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.