Jornalista lança livro com os bastidores do Rally Paris-Dakar

Caranguejo do Saara, de Julio Cruz Neto, conta histórias vividas por ele na cobertura da competição nos anos 1999 e 2000 pela África

O Estado de S. Paulo

15 de outubro de 2014 | 12h11

Os amantes do Rally Paris-Dakar poderão conhecer a fundo a competição a partir do próximo sábado, quando será lançado em São Paulo, o livro Ocaranguejo do Saara, do jornalista Julio Cruz Neto. A obra contará os bastidores da competição off-road mais disputada do planeta e terá uma turnê de lançamento por Brasília, Rio e BeloHorizonte.

O livro não fala da competição em si. É diferenciado e baseado na cobertura doParis-Dakar dos anos 1999 e 2000 por Julio Cruz Neto, com foco no seu entorno. Tudo que envolve o rali será retratado nesta "crônica documental" de quando a disputa por carros, motos e caminhões era no deserto africano.

O Caranguejo do Saara retrata tudo que cerca o rali, especialmente as pessoas que vivem nos rincões dodeserto africano, a reação delas à passagem da caravana, o choquecultural, as histórias divertidas, perigosas, assaltos e ameaças terroristas. Dividido em oito capítulos, o texto é ilustrado por 38 fotos tiradas peloautor. Julio relata a experiência vivida em nove paísesafricanos, usando diversos meios de transporte (avião, helicóptero e carro), em 40 dias acampado, cada noite numa cidade diferente.

"Esselivro surgiu de uma certeza que eu tive quando voltei da segunda cobertura doDakar. Eu tinha muito mais para contar do que cabia nas páginas do Jornal daTarde, do Estadão e nos boletins da Rádio Eldorado", diz o autor. "Foi aoportunidade perfeita para realizar meu primeiro projeto autoral."

O livro é um projeto independente, viabilizado por meio de financiamento coletivo. Foi editado, diagramadoe impresso com pouco mais de R$ 20 mil, arrecadados junto a 204 apoiadores. Não houve patrocínio nem incentivo fiscal. "O livro virourealidade de um jeito bem empreendedor", define Julio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.