Wilton Junior/AE
Wilton Junior/AE

José Aldo vence Chad Mendes e mantém título do UFC

Brasileiro ainda é campeão dos pesos penas do UFC

AE, Agência Estado

15 de janeiro de 2012 | 10h07

RIO - O brasileiro José Aldo conseguiu manter o cinturão do pesos penas do UFC, a principal organização de artes marciais mistas do mundo. Na noite de sábado, ele fez a festa dos torcedores no Rio de Janeiro ao superar o norte-americano Chad Mendes, em luta realizada na HSBC Arena, que foi a principal do UFC 142.

José Aldo triunfou sobre o adversário logo no primeiro round. A luta foi definida por nocaute, com 4 minutos e 59 segundos, após o brasileiro acertar uma joelhada em Chad Mendes. O início do combate, porém, foi estudado, com muitas defesas e poucas trocas de golpes.

Pressionado contra as grades no final do round, o brasileiro se desvencilhou, virou o corpo e acertou uma joelhada no rosto de Mendes. O norte-americano caiu no chão, já derrotado, e José Aldo ainda tentou aplicar uma sequência de socos, que foi interrompida pela arbitragem.

Empolgado com a vitória no Rio de Janeiro, José Aldo quebrou os protocolos, deixou o octógono logo após o final do combate e se jogou na torcida. Agora, o campeão dos pesos pena tem 21 vitórias e apenas uma derrota no seu cartel. Já Chad Mendes sofreu o seu primeiro revés em 12 combates disputados na carreira.

"Isso era o que eu tinha que fazer para o público e estou muito feliz por manter o cinturão aqui no Brasil", declarou José Aldo, antes de comentar o golpe que definiu a sua vitória. "Percebi que ele se abaixava para entrar nas minhas pernas e apenas esperei o momento certo".

OUTROS RESULTADOS - Todos os outros confrontos da programação principal do UFC 142 foram vencidos por brasileiros, com destaque para o triunfo de Vitor Belfort sobre o norte-americano Anthony Johnson, em luta válida pelos pesos médios. O combate foi bem agressivo e definido com 4 minutos e 49 segundos do primeiro round, com uma finalização do brasileiro por estrangulamento, através de um mata-leão.

Também pelos pesos médios, Rousimar Palhares superou o norte-americano Mike Massenzi. Em duelo entre brasileiros, válido pelos meio-médios, Carlos Silva venceu com a desclassificação de Erick Silva por conta da aplicação de golpes ilegais. Já Edson Barbosa derrotou o inglês Terry Etim nos pesos leves.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.