Confederação Brasileira de Judô/Divulgação
Confederação Brasileira de Judô/Divulgação

Judô brasileiro fatura 2 pratas e 2 bronzes em Miami

Resultado no Grand Prix, em mais uma etapa do Circuito Mundial da modalidade, foi obtido mesmo sem os titulares da seleção

AE, Agência Estado

15 de junho de 2013 | 20h36

MIAMI - Mesmo competindo sem os titulares da seleção, o judô brasileiro conquistou quatro medalhas no primeiro dia de disputas do Grand Prix de Miami, neste sábado, em mais uma etapa do Circuito Mundial da modalidade. Foram duas medalhas de prata e outras duas de bronze.

Titular da seleção brasileira sub-21, Nathália Brígida venceu três lutas na categoria até 48kg, mas perdeu a decisão do ouro para Eva Csernoviczki, da Hungria, medalhista de bronze nos Jogos de Londres e campeã europeia.

Outro jovem que apareceu bem em Miami foi Eric Takabatake, da categoria até 60kg, que venceu quatro confrontos, incluindo o contra o brasileiro naturalizado canadense Sergio Pessoa Jr. Na final ele perdeu para o mongol Kherlen Ganbold. Dois brasileiros conquistaram medalha de bronze: Luiz Revite, na categoria até 66kg, e Breno Alves, na até 60kg. Na disputa pelo terceiro lugar, Breno também venceu Pessoa Jr.

Mariana Barros (até 63kg) também chegou à briga pelo bronze, mas acabou derrotada pela francesa Gevrise Emane. Flavia Gomes (até 57kg) e Mariana Silva (até 63kg) caíram na repescagem. No domingo, entre os destaques do Brasil estarão Daniel Hernandes e Hugo Pessanha, que voltam a lutar após um ano.

Tudo o que sabemos sobre:
judôGrand Prix de Miami

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.