Judô brasileiro viaja à Alemanha com equipe mudada

A seleção brasileira de judô embarca nesta quarta-feira para a Alemanha, onde disputa, no próximo fim de semana, o Grand Prix de Dusseldorf. O grupo é totalmente diferente daquele que competiu na Europa nas duas últimas semanas, participando do Grand Slam de Paris e dos Torneios de Budapeste (Bulgária) e Obewart (Áustria).

AE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2013 | 15h05

"Para mim vai ser tudo novo já que é a minha primeira competição do ano, primeira do novo ciclo olímpico e a primeira com as novas regras. Por um lado é ruim porque minhas adversárias diretas pelo topo do raking - Yuki Hashimoto, campeã em Paris, e Majlinda Kelmendi, vice - já começaram pontuando mas, por outro lado, a gente já viu como vão funcionar as competições, o comportamento dos árbitros diante dessas mudanças", comentou Érika Miranda.

A delegação brasileira na Alemanha terá os olímpicos Érika Miranda (52kg), Rafaela Silva(63kg), Maria Portella (70kg), Maria Suelem Altheman (+78kg) e Tiago Camilo (90kg), além de Nathália Brígida(48kg), Juliene Aryecha (57kg), Diego Santos (60kg), Luiz Revite (66kg), Marcelo Contini (73kg), Mauro Moura (81kg), Rafael Buzacarini (100kg) e David Moura (+100kg).

Depois de competir em Dusseldorf, a seleção passa por um período de treinos e as mulheres seguem para a disputa do Torneio de Praga enquanto os homens vão para o Torneio de Varsóvia.

Tudo o que sabemos sobre:
judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.