Judô: campeão holandês treina no Brasil

Dono da medalha de ouro nos Jogos de Sydney/2000, o judoca holandês Mark Huizinga escolheu o Brasil para fazer sua preparação em busca do bicampeonato olímpico em Atenas. Há uma semana no País, ele trocou uma excursão ao Japão para treinar com a seleção brasileira permanente em São Paulo e no Rio."A seleção masculina holandesa foi para o Japão, mas preferi vir para cá, porque os brasileiros lutam de uma maneira diferente", contou Huizinga, que chegou nesta segunda-feira ao Rio, após passar uma semana treinando em São Paulo, acompanhado pela seleção feminina de seu país. "Aqui tenho tudo o que preciso para me preparar melhor: bons adversários, estrutura e clima." Lutando na categoria médio (até 90kg), Huizinga derrotou o brasileiro Carlos Honorato na final dos Jogos de Sydney. Por isso mesmo, os dois já despontam como favoritos ao ouro em Atenas.Atual líder do ranking europeu da categoria, Huizinga contou que a possibilidade de treinar com um de seus maiores rivais tem o lado bom e o ruim. Destacou que a vontade para vencer Honorato, mesmo em treinamentos, "é enorme, mas é preciso tomar cuidado e não revelar todas as armas e os pontos fracos".De terça a sexta-feira, Huizinga retoma os treinamentos com a seleção brasileira, acompanhado por judocas dos Estados Unidos, Chile, México e Guiana, na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, zona sul do Rio.Pela terceira vez no Brasil, o campeão holandês disse esperar ter "sorte" por vir novamente ao País antes da disputa de uma Olimpíada. "Estive aqui antes de Sydney e acabei ganhando a medalha de ouro derrotando um brasileiro", brincou Huizinga, que já derrotou Honorato mais duas vezes depois da final olímpica em 2000. "Espero que desta vez a história volte a se repetir", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.