Judô: desafiante dos meio-leves sai amanhã

Amanhã será dia decisivo para o futuro de João Derly, Leandro Cunha e Reinaldo Santos, que disputam em Vitória a vaga de desafiante de Henrique Guimarães na luta que definirá o representante brasileiro dos judocas meio-leves nos Jogos de Atenas. Os combates começam às 9 horas e serão divididos em duas fases: na primeira, todos lutam contra todos; na segunda, os dois melhores definem o vencedor em melhor-de-três combates.Com os confrontos, espera-se o fim do impasse provocado pela troca de categoria de João Derly, da equipe Sogipa, por sugestão da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), após a primeira etapa das três seletivas olímpicas. O Pinheiros, clube de Leandro Cunha e Reinaldo Santos, entrou na Justiça, por se sentir prejudicado. A polêmica aparentemente foi resolvida e houve consenso, entre judocas, clubes e CBJ, de disputar a vaga no tatame.Entre os atletas, cada um aposta em estilo diferente de preparação para os combates decisivos. "Em dia de competição, fico fora da euforia. Quando começo a lutar, esqueço o que está acontecendo lá fora", explica Reinaldo Santos. "Sou raçudo e parto para cima mesmo", diz Leandro Cunha. "Sou mais feliz e menos preocupado com dietas. Considero que recomeçei minha carreira", admite João Derly, ao lembrar do motivo da sua troca de categoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.