Judô divulga os atletas que disputarão última seletiva olímpica

Medalhistas olímpicos e atletas que estão entre os 22 melhores do mundo no masculino e os 14 no feminino continuam na seleção

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2014 | 13h21

No mesmo dia que Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, recebe uma etapa de Grand Slam do Circuito Mundial de Judô sem a participação de brasileiros, a CBJ (Confederação Brasileira de Judô) anunciou, nesta sexta-feira, os atletas convocados para a terceira e última seletiva olímpica do País. O evento será no dia 13 de dezembro, na Urca, no Rio.

O Brasil tem uma vaga garantida em cada categoria de peso nos Jogos do Rio/2016 e a mesma deverá ficar com o melhor atleta do ranking mundial. Para competir no Circuito (exceção aos Opens), porém, os judocas precisam ser convocados pela CBJ, que forma uma seleção com três brasileiros por categoria.

Pelos critérios que valem desde 2012, continuam na seleção, de 2014 para 2015, os medalhistas olímpicos e atletas que estão entre os 22 melhores do mundo no masculino e 14 no feminino. Atualmente, 19 judocas atendem a esse critério, mas Marcelo Contini (até 73kg) e Walter Santos (+100kg) podem perder posições depois que os pontos de Abu Dabi contarem para o ranking.

Em duas categorias femininas a seleção hoje está sem atletas: até 63kg e até 70kg. Assim, Katherine Campos, Mariana Barros, Mariana Silva (63kg), Bárbara Timo, Maria Portela e Nádia Merli (70kg) vão ter que buscar a vaga pela seletiva, respectivamente contra outras cinco e três atletas.

Entre as 44 judocas que precisam de resultado na seletiva estão Gabriela Chibana (48kg), Eleudis Valentim, Raquel Silva (52kg), Flávia Gomes, Giullia Penalber (57kg) e Rochelle Nunes (+78kg). Os campeões do Troféu Brasil Interclubes e dos Brasileiros adulto, sub-23 e sub-21, além dos atletas que disputaram o Mundial Sub-21 garantiram o direito a brigar pela vaga na seleção.

No masculino, são 52 atletas na disputa por um lugar na equipe brasileira. A disputa mais acirrada deve ser na até 60kg, que já tem dois garantidos (Felipe Kitadai e Eric Takabatake) e outros três de renome brigando por uma vaga: Allan Kuwabara, Diego Santos e Phelipe Pelim.

Na até 100kg, João Gabriel Schlittler, medalhista no Mundial de 2007, tenta voltar à seleção num confronto contra Hugo Pessanha e Renan Nunes, além de outros quatro atletas. Pelo sistema de disputa, depois de mata-mata na primeira rodada, haverá um quadrangular semifinal, com os dois melhores passando à final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.