Judô do Brasil conquista mais quatro ouros em Buenos Aires

Judocas do País também ganham uma medalha de prata e duas de bronze

Agência Estado

23 de março de 2014 | 21h21

BUENOS AIRES - Depois de ter subido ao topo do pódio por quatro vezes no último sábado, o judô do Brasil faturou mais quatro medalhas de ouro no segundo e último dia de disputas do Open de Buenos Aires, neste domingo. Eduardo Bettoni (90kg), Hugo Pessanha (100kg), Gabriel Santos (+100kg) e Rochele Nunes (+78kg) garantiram o título de suas respectivas categorias.

Os judocas do País ainda garantiram mais três medalhas neste domingo, sendo uma de prata, com Samanta Soares (78kg), e duas de bronze, com Gabriel Schlittler (100kg) e Horácio Antunes (100kg). Sendo assim, os brasileiros fecharam campanha na capital argentina com um total de 19 medalhas, sendo oito de ouro, duas de prata e nove de bronze, lideram o quadro geral da competição. O segundo lugar ficou com a Grã-Bretanha, que faturou apenas uma medalha de ouro em dois dias de disputas na competição que contou com a participação de 16 países.

No sábado, Eric Takabatake (60kg), Marcelo Contini (73kg), Eleudis Valentim (52kg) e Mariana Silva (63kg) foram campeões, enquanto Gabriela Chibana (48kg) levou uma prata e Jéssica Henriques (48kg), Raquel Silva (52kg), Milena Mendes (52kg), Manoella Costa (57kg), Allan Kuwabara (60kg), Daniel Santos (66kg) e João Pedro Macedo (73kg) conquistaram o bronze.

O primeiro ouro do Brasil neste domingo foi conquistado por Eduardo Bettoni na categoria médio, que passou pelos britânicos Michael Horley e Gary Hall e pelo francês Ludovic Gobert na campanha até a medalha. Já Hugo Pessanha, atleta da categoria meio pesado, superou o canadense Marc Deschenes, o britânico Adam Hall, o seu compatriota Horácio Antunes nas semifinais e depois o britânico Euan Burton na decisão para se garantir no topo no pódio.

Outro judoca do Brasil que levou ouro neste domingo, Gabriel Santos triunfou entre os pesados ao derrotar o russo Soslan Bostanov na última luta da competição, depois de ter superado o argentino Matías Del Sol, o espanhol David Fernandez e o uruguaio Ignácio Caetano.

Já Rochele Nunes se garantiu como principal destaque do dia entre as judocas do País ao passar primeiro pelas argentinas Graciela Alvarez e Samantha da Cunha, antes de dominar a mexicana Vanessa Zambotti na final, na qual assegurou o seu triunfo com um wazari.

Após o Open de Buenos Aires, o próximo desafio da seleção brasileira de judô será o Grand Prix de Samsun, na Turquia, já no próximo final de semana. O Brasil será representado por Ketleyn Quadros (57kg), Mariana Barros (63kg), Bárbara Timo (70kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Vinícius Sakamoto Leal (60kg), Charles Chibana (66kg) e Victor Penalber (81kg) na competição.

Tudo o que sabemos sobre:
judôOpen de Buenos Aires

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.