Judô do Brasil fica fora do pódio no 2º dia na Alemanha

País terá seis representantes no último dia de competições

Agência Estado

22 de fevereiro de 2014 | 15h04

DUSSELDORF - Os judocas do Brasil ficaram longe da disputa de medalhas no segundo dia do Grand Prix de Dusseldorf, na Alemanha. Após a conquista de duas medalhas na última sexta-feira, os três atletas do País que competiram neste sábado - Alex Pombo (73kg), Mariana Barros (63kg) e Bárbara Timo (70kg) - não conseguiram passar das oitavas de final.

Mariana Barros estreou com vitória sobre a alemã Nadja Bazynski ao aplicar um ippon, depois de conseguir um yuko e um wazari. Na segunda luta, porém, a brasileira perdeu para a austríaca Hilde Drexler por ippon.

Após folgar na primeira fase, Alex Pombo estreou na segunda e perdeu para o espanhol Kiyoshi Uematsu por wazari. Bárbara Timo teve o mesmo desempenho decepcionante do compatriota ao ser batida pela alemã Iljana Marzok.

O desempenho dos três brasileiros se contrapõe ao bom início do País em Dusseldorf, pois na sexta-feira Érika Miranda e Ketleyn Quadros subiram ao pódio ao conquistarem medalhas de bronze.

O Gran Prix de Dusseldorf se encerrará neste domingo, quando serão disputadas as categorias médio masculino e meio pesado e pesado masculino e feminino. O Brasil será representado por Eduardo Bettoni (90kg), Luciano Corrêa (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (mais de 100kg), Samanta Soares (78kg) e Maria Suelen Altheman (mais de 78kg).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.