Judô do Brasil termina GP de Abu Dabi sem medalhas

Os judocas do Brasil encerraram a participação no Grand Prix de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, sem conseguir subir ao pódio. Nesta terça-feira, terceiro e último dia de disputas, o melhor resultado dos lutadores do País foi alcançado por Hugo Pessanha (90kg), que parou nas quartas de final.

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2011 | 12h09

O resultado rendeu 40 pontos a Pessanha no ranking mundial do judô, que definirá os classificados para a Olimpíada de Londres, em 2012. Além de Pessanha, Breno Alves (60kg), Flávio Canto (81kg) e Mariana Silva (63kg) também pararam nas quartas de final nos outros dias em Abu Dabi.

Nesta terça-feira, Hugo Pessanha estreou com vitória sobre o camaronês Luc Ntsama por ippon. No segundo combate, superou o egípcio Hesham Mesbah por yuko. Na terceira luta, o brasileiro perdeu por ippon para o sueco Marcus Nyman.

Os outros brasileiros que competiram nesta terça-feira ficaram longe da disputa de medalhas. David Moura (+100kg) derrotou por ippon o casaque Yerzhan Shynkeyev, mas perdeu para o egípcio Islam El Shehaby por ippon. Vinícius Nunes (90kg) foi batido na estreia por Elkhan Mammadov por ippon, Leonardo Leite (100kg) perdeu por wazari por Elmar Gasimov, do Azerbaijão, na primeira luta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.