Judocas do País lutam por medalhas e vagas no Pan

Depois de dominarem o torneio da Alemanha na semana passada, as judocas brasileiras voltam ao tatame neste sábado e domingo, para a disputa da Copa do Mundo de Praga, na República Checa. O torneio serve de seletiva para os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro.Edinanci Silva (meio-pesado) e Priscila Marques (pesado) são os destaques. Na etapa de Hamburgo, Edinanci venceu na sua categoria. Nas quatro lutas que disputou, venceu todas por ippon. Já Priscila foi prata. E poderá em Praga ter o gosto da revanche, já que deve enfrentar a russa Tea Donguzashvile, que a derrotou na decisão da Super Copa por ippon.As chances de subir ao pódio e garantir vaga na competição no Rio também aumentaram para outras duas brasileiras: Danielle Zangrando, da categoria leve, quinta colocada na Alemanha (sua principal adversária será a polonesa Ingá Kolodedzej) e Vânia Ishii, que também pode ter um desempenho melhor em Praga.No último torneio, a meio-médio Ishii foi eliminada - duas derrotas. E não terá de enfrentar as atletas que a superaram. ?Fiquei um pouco chateada com o desempenho em Hamburgo, tenho certeza de que posso ir melhor?, declarou a atleta, campeã no Pan de Winnipeg/99 e prata em Santo Domingo/2003.A equipe brasileira feminina ainda conta com Mayara Aguiar (-70kg), Sarah Menezes (-48kg) e Julyene Aryecha (-52kg). Embora a lista de inscritos não tenha sido confirmada, o maior número de atletas deve ser de países do leste europeu - tradicionalmente mais fracas. Na faixa de peso de Edinanci, por exemplo, o destaque é a russa Vera Moskalyuk, apenas quinta colocada na Alemanha.Enquanto as garotas competem em Praga, a seleção masculina vai à Polônia, na Copa do Mundo de Varsóvia. O destaque é o meio-leve João Derly - único campeão mundial da história do judô brasileiro, que ficou com o bronze na etapa. Agora, o judoca gaúcho luta por uma vaga na equipe que vai ao Pan. Seu principal adversário na disputa por uma das vagas é Leandro Cunha, que voltou ao Brasil com duas medalhas - um ouro e uma prata.Quem também teve boa atuação em Hamburgo foi o meio-leve Flávio Canto, que ficou com a medalha de bronze na sua categoria. Além de Derly e Canto, a equipe que representará o País na Polônia é formada por Alexandre Lee (-60kg), Leandro Guilheiro (-73kg), Carlos Honorato (-90kg), Luciano Correa (-100kg) e Daniel Hernandes (+100kg).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.