Juliana e Larissa comemoram como crianças o ouro do Pan

Dupla, porém, terá pouco tempo para comemorar a medalha, já que partirão na noite de domingo para a Suíça

Michel Castellar, do estadao.com.br,

22 de julho de 2007 | 00h45

Juliana e Larissa pareciam duas crianças que acabaram de receber um presente tão desejado, após a conquista da medalha de ouro no vôlei de praia feminino dos Jogos Pan-Americanos do Rio, na noite de sábado.   Veja também Juliana e Larissa vencem e são ouro no vôlei de praia  Confira o quadro geral de medalhas  Conheça os detalhes das modalidades em disputa    "Estou me achando uma pessoa normal. Geralmente sou muito séria, me cobro demais e, hoje (sábado), ao ver a torcida gritando o meu nome, me senti forte e fraca. Deu um frio na barriga", explicou Larissa ao ser indagada sobre os erros, principalmente, de saque, cometidos no início da partida. "Mas logo me concentrei e voltei ao jogo."   O tempo para comemorar a medalha de ouro será curto. Juliana e Larissa embarcam na noite deste domingo para a Suíça e na quarta-feira começam a disputar o Campeonato Mundial. Larissa lembrou que a competição será importante para a dupla atingir seu segundo objetivo em 2007, a vaga para a Olimpíada de Pequim.   Juliana, que completa 24 anos neste domingo, ganhou de presente da cubana Dalixia Fernandez um banho com um copo d´água. Apesar da presente de grego, ela frisou que a rivalidade existente entre as atletas dos dois países no vôlei de quadra não existe dentro da areia. Em seguida, falou sobre a conquista inédita na carreira.   "O que mais me chamou a atenção nesta semana foi a Edinanci Silva (judoca medalha de ouro no Pan, categoria até 78 quilos). Ela chegou e matou todo mundo. E foi mais ou menos isso que a gente fez.", disse Juliana. "Eu e Larissa não sentimos a pressão e jogamos felizes, curtindo cada momento."   E em tom de brincadeira, Fernandez disse que já encontrou a fórmula para, ao lado de sua parceira Tamara Larrea, vencer Juliana e Larissa num próximo confronto: "Matá-las".

Tudo o que sabemos sobre:
Pan 2007vôlei de praia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.