Juliana e Larissa são campeãs em grand slam polonês

Juliana e Larissa são cada vez mais líderes do ranking mundial. Neste sábado, as brasileiras venceram as norte-americanas Kessy e Ross por 2 sets a 1, (14/21, 21/19 e 18/16), de virada, e conquistaram o título do Grand Slam de Stare Jablonki, na Polônia. Com mais este triunfo, elas chegaram a cinco taças no Circuito Mundial de Vôlei de Praia apenas este ano. Antes, elas já haviam subido no degrau mais alto do pódio em Brasília, Sanya, Gstaad e no Mundial de Roma.

AE, Agência Estado

30 de julho de 2011 | 18h23

"Entramos nas competições sempre com o objetivo de conquistar o ouro. Agradecemos o apoio do povo polonês, que torceu muito por nós. Falávamos antes dessa etapa da importância de vencer e aumentar nossa vantagem na liderança do Circuito Mundial. Conseguimos esse objetivo e vamos em busca de muito mais", disse Larissa, comemorando o título. Nas semifinais elas haviam virado sobre as chinesas Chen Xue e Zhang Xi, com 19/21, 21/10 e 15/13.

Elas não foram, porém, as únicas brasileiras no pódio. Talita e Maria Elisa perderam para as norte-americanas na semifinal, por 2 a 1 (18/21, 21/19 e 15/13), em um jogo equilibrado, de 57 minutos, e foram para a decisão do terceiro lugar. Faturaram o bronze ao vencerem Chen Xue/Zhang Xi, de virada, também por 2 a 1, e também de virada, com parciais de 12/21, 21/17 e 15/12.

As duas duplas do Brasil estão no topo do ranking mundial. Juliana e Larissa têm 4.880 pontos, na ponta. Talita e Maria Elisa somam 4.600. Logo atrás vêm as duplas norte americanas Kessy/Ross e Walsh/May. Maria Clara e Carol, que caíram nas oitavas de final, estão em oitavo, com 3.340.

HOMENS - No masculino, Alison e Emanuel são os únicos representantes do Brasil nas semifinais do Grand Slam da Polônia. Eles vão enfrentar Rogers/Dalhausser, dos Estados Unidos, neste domingo. A outra chave terá Fijalek/Prudel, da Polônia, contra Erdmann/Matysik da Alemanha. Tanto a semi quanto a final acontecem neste domingo.

Para chegar à disputa por medalhas, Alison e Emanuel venceram os compatriotas Ricardo e Pedro Cunha por 2 sets a 0, com parciais de 21/19 e 21/16. Antes, eles haviam batido Nicolai/Lupo, da Itália, também por 2 a 0 (21/17 e 21/18).

Na primeira semana jogando juntos, Márcio e Benjamin não passaram das oitavas de final, fase em que perderam para os alemães Brink e Reckermann, por 2 sets a 0, com parciais de 13/21 e 19/21, em 33 minutos.

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei de praiaJuliana e Larissa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.