Juliana está feliz: vai se apresentar por último

A pequena Juliana Almeida abriu um sorriso quando descobriu a ordem de apresentação das meninas, na competição de patinação artística, que também começa hoje à noite: ela será a última a se apresentar, depois de suas oito concorrentes. "É ótimo ficar para o fim, pois os juízes gravam mais na memória a sua apresentação", explicou. ?Antes, eles acabam embaralhando."Uma pequena vantagem para a brasileira de 16 anos, que terá rivais de peso pela frente. ?Especialmente na Colômbia e na Argentina estão as concorrentes mais fortes", disse, após acompanhar o treino das rivais, no Complexo Miécimo da Silva. Juliana começou a patinar aos 3 anos, depois de assistir à uma apresentação. E, com 10, já competia profissionalmente. "Como a maioria dos esportes, esse também exige que se comece cedo, pois o nível de competitividade é grande", observou. Como toda menina, Juliana não observa só os movimentos das rivais, mas também o figurino e, principalmente, a trilha sonora com que vai se apresentar. Depois de torcer o nariz para clássicos já batidos escolhidos pelas adversárias, entrou em quadra confiante com sua mistura de tango e música espanhola. "São ritmos que me oferecem mais chances de fazer os movimentos. E também ajudam em uma coreografia bonita."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.