Julião bate recorde brasileiro no lançamento de disco

Ronald Julião bateu, neste domingo, o seu segundo recorde brasileiro da semana em Shenzhen, na China, onde acontece a Universíade. O atleta de 21 anos, que já havia deixado para trás um dos mais antigos recordes do atletismo brasileiro no arremesso de peso, melhorou também a sua própria marca no lançamento de disco. Medalhista de bronze na China, ele alcançou 63,30 metros, passando em 27 centímetros seu antigo recorde, de 63,09m, conquistado há um ano, em Madri.

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2011 | 15h00

A marca é melhor do que o índice exigido pela Confederação Brasileira de Atletismo (CDAt) para o Mundial de Daegu, que começa daqui a uma semana. Mas foi atingida 13 dias depois do prazo limite estipulado pela Confederação.

Na terça-feira, Julião, atleta da BM&F Bovespa, já havia quebrado o recorde brasileiro do arremesso de peso, com 18,78m. A marca de 18,72m, conquistada por Adilson Ramos de Oliveira, já perdurava 17 longos anos.

Apesar dos recordes, as marcas de Julião seguem longe das melhores do mundo no ano. No lançamento de disco, levando em consideração o ranking de três dias atrás, o brasileiro assumiria o 50.º lugar. Já no arremesso de peso, ele não figura nem entre os 100 melhores do ano.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoUniversíadeRonald Julião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.