Julio Cesar falha no fim e Bayern derrota a Inter

Em partida bastante disputada e aberta, time alemão ganha por 1 a 0 e joga por empate em casa para passar pelas oitavas

, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2011 | 00h00

MILÃO

Internazionale e Bayern de Munique decidiram a Copa dos Campeões da Europa no ano passado, em Madri, com vitória dos italianos. Ontem, em Milão, no Estádio Giuseppe Meazza, em um jogo digno de uma final, os alemães deram o troco e venceram por 1 a 0, gol do atacante Mario Gomez, aos 44 minutos do segundo tempo, após pegar o rebote do goleiro Julio Cesar, que não conseguiu segurar o chute do holandês Arjen Robben. Agora, o Bayern joga por um empate em 15 de março, em Munique, para ir às quartas de final.

O jogo foi emocionante. Os times procuravam o ataque o tempo todo, com toques rápidos e muitas finalizações. A Inter tinha a iniciativa, mas o ataque não demonstrou a força costumeira, pois Samuel Eto"o sentiu a falta de um companheiro - o argentino Milito segue contundido. Sozinho, ainda levou perigo ao gol do jovem Kraft, de 22 anos, que fez duas ótimas defesas após finalização do camaronês.

Pelo lado alemão, Ribery e Robben abusaram das jogadas individuais e cada um acertou uma vez a trave de Julio Cesar. O brasileiro Luiz Gustavo, por duas vezes, também quase surpreendeu o goleiro do time milanês.

O fato negativo do duelo foi o excesso de violência por parte do holandês Sneijder, da Inter, e do alemão Schweinsteiger nas jogadas de meio de campo.

Nos últimos cinco minutos o jogo ficou ainda mais aberto. Eto"o quase abriu o placar. Seu chute resvalou na defesa alemã, após cobrança de escanteio. Na sequência, Robben, em jogada característica pela direita, cortou para dentro e bateu cruzado. Julio Cesar rebateu nos pés de Mario Gomez, que, sozinho, só empurrou para as redes.

"A Inter é muito forte, tanto na defesa como no ataque. A eliminatória ainda não está definida. Teremos mais um duelo duro em casa", disse Robben.

Sem gols. No outro jogo de ontem, na França, o Manchester United arrancou um empate sem gols diante do Olimpique de Marselha. As equipes anularam as principais jogadas dos rivais, tornando a partida menos interessante do que se esperava. Darren Fletcher e Nani tiveram as melhores chances, mas pararam no goleiro Steve Mandanda.

Os ingleses voltaram para casa mais felizes, pois agora tem a necessidade de vencer por qualquer resultado no Estádio Old Trafford para seguir na principal competição europeia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.