Julio Cesar se trancou em casa após a Copa

Três meses depois da eliminação do Brasil na Copa do Mundo, Julio Cesar falou pela primeira vez sobre a derrota para a Holanda por 2 a 1, gols que ainda são difíceis de explicar, principalmente o primeiro, que aconteceu por uma falha do melhor goleiro do mundo. "Até hoje me faz mal, não entendo. Ainda quando me deito, coloco a cabeça no travesseiro e lamento. É um gol que está me machucando muito", afirmou Julio Cesar, durante entrevista para o canal SporTV.

, O Estado de S.Paulo

16 de outubro de 2010 | 00h00

A dor pelo fracasso na competição fez com que Julio Cesar não quisesse sair de casa. O companheiro de equipe, na Inter de Milão, e da seleção, o zagueiro Lúcio foi fundamental no processo de recuperação do goleiro. "Só saí de casa porque o Lúcio me ajudou. Só depois de oito dias eu consegui sair de casa. Foram oito dias em que eu não saía para nada, não queria ver ninguém", declarou.

Recuperado do trauma, Julio Cesar espera voltar à seleção, apesar de ainda não ter sido convocado nenhuma vez por Mano Menezes. "Se eu fizer parte do grupo de 2014, quero muito ganhar essa Copa junto com a torcida brasileira", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.