Junior Cigano tenta retomar o cinturão dos pesos pesados de Cain Velásquez

Brasileiro faz a luta principal do UFC 166, em Houston, que terá transmissão até no cinema

O Estado de S. Paulo

19 de outubro de 2013 | 07h48

Junior Cigano tem a chance neste sábado de retomar o cinturão dos pesados no UFC 166, em Houston, contra o campeão norte-americano Cain Velásquez. "Vai ser uma grande luta e vou nocautear", avisa o brasileiro, que foi vaiado durante a pesagem na sexta-feira, mas mostrou confiança em recuperar o título.

No primeiro confronto entre os dois, deu Cigano, com um nocaute avassalador no primeiro round. Na revanche, Velásquez levou a melhor por pontos em cinco rounds e ficou com o título. Agora os dois terão a chance de ver quem é o melhor na trilogia, que terá até exibição nos cinemas da Rede Cinemark.

Para Tito Ortiz, ex-campeão do UFC e membro do Hall da Fama da organização, Cain Velásquez é o favorito. "Acho que ele está cada vez melhor no chão, tem um kick-boxing muito bom, mistura bem a trocação com o wrestling e, se repetir o desempenho da último luta, deve sair vencedor", diz Tito, que fará uma luta histórica contra Rampage Jackson no dia 2 de novembro, no Bellator.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.