Justiça anula pleito que elegeu Eurico

A 8ª Câmara do Tribunal de Justiça anulou por unanimidade a eleição para o Conselho Deliberativo do Vasco, de 13 de novembro de 2006, e que manteve Eurico Miranda na presidência do clube. O Vasco tem 30 dias, a partir da publicação oficial da decisão, para convocar nova eleição. Caso um novo pleito não seja feito dentro desse período, está prevista multa diária de R$ 30 mil. Eurico vai recorrer ao STJ.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.