Juve promete não relaxar contra a Inter

O clássico entre Inter e Juventus em Milão é o grande destaque da rodada do Campeonato Italiano, que será realizada na íntegra hoje. A tradição no país é não ter jogos no domingo de Páscoa.

O Estado de S.Paulo

30 de março de 2013 | 02h06

Com nove pontos de vantagem para o segundo colocado, o Napoli, a Juventus descarta fazer do clássico um treino de luxo para o jogo contra o Bayern de Munique, terça-feira, pelas quartas de final da Copa dos Campeões. "O jogo mais importante para nós é sempre o próximo. Não podemos perder pontos no campeonato. Para isso, vamos nos concentrar na Inter", explicou o técnico Antonio Conte.

Ele preferiu não dar detalhes da escalação e disse que vai avaliar o desgaste dos seus jogadores, que no meio da semana disputaram partidas das Eliminatórias da Copa. Mas é praticamente certo que o atacante montenegrino Vucinic não jogará.

Em sétimo lugar, a Inter ainda sonha com uma vaga na Copa dos Campeões. Para isso precisa tirar sete pontos de diferença para o rival Milan, atual terceiro colocado. "Para nos darmos bem, vamos precisar ser perfeitos na marcação", disse o técnico Andrea Stramaccioni.

O Napoli visita o Torino e pode não ter em campo o artilheiro Edinson Cavani. O uruguaio retornou apenas ontem da América do Sul, onde disputou jogos das Eliminatórias, e o técnico Walter Mazzarri não sabe se ele terá condições de atuar. "Se Cavani não puder jogar, podemos escalar Insigne e Pandev juntos no ataque e colocar mais um meia", disse o treinador.

Dois pontos atrás do Napoli, o Milan visita o Chievo. O técnico Massimiliano Allegri não vai poder contar com os machucados Giampaolo Pazzini e Kevin Prince Boateng. Já a Roma, sexta colocada, visita o lanterna Palermo.

Campeonato Inglês. O virtual campeão Manchester United visita o Sunderland hoje para tentar aumentar ainda a folga de 15 pontos que tem sobre o Manchester City, que recebe o Newcastle.

O terceiro colocado Chelsea também joga fora de casa, contra o Southampton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.