Juventus contrata Diego por R$ 69 milhões

Acerto com equipe italiana é por 5 anos e atleta deve receber mais de R$ 11 mi por temporada

MUNIQUE, O Estadao de S.Paulo

13 de maio de 2009 | 00h00

O meia Diego definiu ontem sua transferência do Werder Bremen, da Alemanha, para a Juventus, da Itália, que vai pagar 24,5 milhões (cerca de R$ 69 milhões) por um contrato de cinco anos com o atleta. Para o jogador de 24 anos, o valor oferecido chegaria a 4 milhões (cerca R$ 11,2 milhões) por temporada. De acordo com o jornal italiano Corriere dello Sport, o presidente do clube de Turim, Giovani Cobolli, confirmou o acerto. Diego interessava também a outros clubes da Europa, entre eles o alemão Bayern de Munique, que admitiu a perda do meia por intermédio de seu presidente, Karl-Heinz Rummenigge, em entrevista ao jornal alemão Bild. "As três partes confirmaram o acordo", disse. O pai e empresário do jogador, Djair da Cunha, explicou que faltam apenas alguns pequenos detalhes para que o contrato seja assinado com o time italiano. "Acho que em três ou quatro dias resolvemos essa questão. Precisamos acertar com as três partes envolvidas: o Werder, a Juventus e o Diego, que tem uma porcentagem para receber da negociação. Mas estou confiante e acredito que vai ser muito bacana para o Diego essa transferência. Ele quer jogar na Juventus", disse Cunha. Revelado pelo Santos, no qual foi campeão brasileiro em 2002, ao lado de Robinho, Elano e Renato, Diego se transferiu para o futebol europeu em 2004, para jogar no Porto. Dois anos mais tarde, foi vendido ao Werder Bremen por 6 milhões. Logo que chegou ao novo clube, o meia foi destaque e eleito o melhor jogador do Campeonato Alemão na temporada 2006/2007. Na atual temporada, no entanto, não repetiu o bom desempenho e recebeu algumas críticas. Sua relação com os dirigentes do Werder também se deteriorou quando o jogador pressionou para ser liberado para disputar os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Acabou não indo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.