Kaio Márcio é o melhor do mundo

O paraibano Kaio Márcio conquistou, mais uma vez, a melhor marca do mundo deste ano para os 100 metros borboleta ? e, de quebra, bateu os recordes sul-americano e brasileiro no estilo. Sua antiga marca, 51s, havia sido obtida em setembro, no Troféu José Finkel. Hoje ele fez 50s62 na disputa do Torneio Open do Campeonato Brasileiro Júnior e Sênior de Natação, que será realizado até domingo em Santos. O tempo também é índice para o Mundial de Xangai emPiscina Curta (25 metros), a ser disputado em abril de 2006, na China. O Brasil tem 18 nadadores e um revezamento com índices para a competição. No Troféu Daltely Guimarães (Brasileiro Sênior), realizado na manhã de hoje, mais um brasileiro conquistou índice para o Mundial. Felipe Lima, do Pinheiros, venceu os 50 metros peito com o tempo de 27s50 ? a marca do Mundial é de 27s62. Eduardo Fischer, que chegou em segundo, reafirmou o índice, com o tempo de 27s57. Seu melhor tempo foi no José Finkel (27s48). No mesmo estilo, Fabíola Molina bateu o recorde sul-americano nos 100 metros borboleta, com 59s93, e está próxima do índice para o Mundial, 59s53. Não há nenhuma brasileira credenciada para a disputa nesta modalidade. Durante a competição, vários atletas foram reconfirmando suas marcas para Xangai. Nicholas dos Santos melhorou seu índice dos 50 metros livres no Torneio Open. Fez 21s49, ante 21s62. Ele também já tem índice para os 50 metros borboleta. Rebeca Gusmão, que quinta-feira chegou ao tempo necessário para os 100 metros livre, hoje obteve a marca dos 50 metros livre (24s57). No mesmo estilo,Flavia Delaroli fez 24s36 durante a tarde (na manhã, sua marca era 24s56) melhorando os recordes sul-americano e brasileiro.

Agencia Estado,

16 de dezembro de 2005 | 19h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.