Kaio Márcio lidera equipe brasileira no Sul-Americano

O paraibano Kaio Márcio Almeida, recordista mundial dos 50 metros borboleta em piscina curta (25 metros), volta a competir no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos de Medellín, na Colômbia, em piscina olímpica (50 metros). A competição terá início nesta quarta-feira, com 11 países (além de Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Suriname, Venezuela, Uruguai, Peru, Paraguai e Aruba, como convidada) em cinco modalidades: natação, nado sincronizado, pólo aquático, saltos ornamentais e maratonas aquáticas. As eliminatórias da natação terão início às 20 horas desta quarta-feira, com destaque para o revezamento 4x200 metros livre feminino do Brasil, sétimo colocado na Olimpíada de Atenas/2004, com Joanna Maranhão, Mariana Brochado, Monique Ferreira e Paula Baracho.O Brasil chega à Colômbia como favorito em todas as modalidades. A melhor participação do País foi em 2004, em Maldonado, no Uruguai, vencendo as cinco modalidades e somando 77 medalhas. Kaio Márcio cai na água só na sexta-feira, na eliminatória dos 200 metros borboleta. O atleta volta a Medellín onde se destacou no Sul-Americano Juvenil, em 2001. ?Eu me lembro bem daquela competição, pois nadei bem. A cidade também é legal e o povo muito hospitaleiro?, lembrou o nadador, que na ocasião venceu os 100m e os 200m borboleta, além do revezamento 4x100 metros medley. Para o campeonato neste ano, ele não cria nenhuma expectativa, já que seu objetivo nesta temporada é o Mundial de piscina curta, na China, em abril. ?Estou pesado, treinando forte e não acredito que faça tempos muito bons. Meus treinos estão todos voltados para o Mundial. Mas vou lutar por medalhas, principalmente nos 200 metros borboleta?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.