Kaio Márcio volta a vencer com recorde

O nadador paraibano Kaio Márcio de Almeida, do Nikita-Sesi, de Pernambuco, nadou três provas no Troféu José Finkel de Natação (piscina curta, de 25 metros), em Santos, ganhou todas, com recordes sul-americanos e índices para o Mundial de Shangai, que será em abril de 2006. Neste sábado, venceu os 200 m borboleta, com novo recorde continental e o 9.º tempo do mundo este ano, com 1min53s89, sempre em piscina curta, que tem marcas diferentes quando comparadas à piscina olímpica (50 metros). Kaio já havia quebrado os recordes sul-americanos dos 50 m (23s17) e 100 m (51s00) também no estilo borboleta. ?É a certeza do trabalho bem feito, reconhecido e de que estou no caminho certo. Melhorei em quase 2 segundos a marca dos 200 m e estou muito feliz?, observou Kaio Márcio. Eduardo Fischer venceu os 50 m peito, com 27s75, piorando o tempo das eliminatórias quando fez 27s48 e garantiu vaga no Mundial de Shangai, superando o índice de 27s62. ?Ontem (sexta), fui melhor e cheguei perto do meu recorde sul-americano (27s23). De manhã, o metabolismo ainda não está rápido, mas acredito numa boa performance nos 100 m peito?. As provas de fundo também tiveram recordes sul-americanos. Armando Negreiros, do Botafogo, melhorou sua marca nos 800 m livre, com 7min47s17, no dia em que comemorou 20 anos (o anterior era de 7min49s84). Nos 1.500 m livre, a chilena Kristel Kobrich, que nadou pelo Corinthians, abaixou em mais de 11 segundos a antiga marca da brasileira Nayara Ribeiro (16min13s64, de 2002), ao fazer 16min02s11.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.